Aguarde...

Carregando conteúdo, em breve você será redirecionado.

Viajante

Saiba quanto custa os intercâmbios e se programe melhor

publicado em 24 de junho de 2017
por Equipe Life Intercâmbios

A grande falta de estímulo para quem deseja fazer um Intercâmbio é o seu custo. Contudo, com um pouco de pesquisa e planejamento você percebe que todas as pessoas conseguem passar por essa experiência. O segredo está em se programar com uma certa antecedência e escolher o pacote ideal para seu perfil. Sempre há aquele que cabe em seu bolso e você não precisará deixar o sonho de morar em outro país de lado.

Pesquisamos e analisamos todos os custos que envolvem esse tipo de viagem e resolvemos conversar a respeito. O segredo é descobrir o melhor programa para você, fazer as malas e partir. Entenda.

Tempo x necessidade: o que isso implica nos custos do seu Intercâmbio

O que você procura? Um Intercâmbio de 15 dias? Um programa maior, com seis meses ou 1 ano? Claro que praticamente todo mundo está disposto a aventurar-se em outro país por muito meses, mas a necessidade que lhe levará até o seu destino pede isso de fato? Então pensar nisso primeiramente já define grande parte dos custos.

De uma forma geral, um Intercâmbio de 2 semanas na Inglaterra, por exemplo, pode variar entre 4 e 6 mil reais, incluindo vistos, passagens, acomodação e outras taxas. Se você deseja apenas vivenciar uma experiência, sem passar por um curso mais profundo do idioma, esse é um programa perfeito.

Já para quem deseja fazer cursos de 6 meses ou mais, para quem quer vivenciar a experiência de um Intercâmbio High School americano, já precisará desembolsar no mínimo 13 mil reais, também com algumas taxas necessárias inclusas.

Programas completos x programas básicos

Outra questão que muda o valor do seu programa de Intercâmbio é o tipo de programa que você escolhe. Alguns alunos já compram pacotes completos com as agências. Isso inclui todas as taxas como passagens de ida e volta, vistos, seguro de viagem, acomodação, entre outras. Essas taxas também podem ser pagas separadamente, dependendo da agência de intercâmbios que você escolheu.

Já os programas baixos são indicados para aqueles que não têm um grande investimento para iniciar o programa. Eles incluem o curso, taxas de exames ou provas que a escola possa exigir, taxas de documentos, entre outras. Passagens e visto, por exemplo, podem ser pagos pela família do estudante, independente do pacote.

Hoje algumas agências ainda ofertam um depósito de poupança, que se reverte em mesada para o estudante. Esse também é um serviço opcional e que com certeza corta custos inicialmente.

Estação climática é um grande influenciador nos custos do seu intercâmbio

Se você se programa para fazer um intercâmbio em Orlando durante as férias, pode acabar desembolsando um pouco mais do que aquele estudante que opta por viajar em baixa estação. Em termos de valores, você precisará desembolsar a partir de 4 mil reais para viagens em julho ou janeiro, por exemplo. Os valores variam de acordo com o pacote, que pode incluir tours, cursos intensivos de inglês, experiência de Au Pair, entre outras opções.

Dá para escolher sempre o melhor programa de Intercâmbio! Você pode também entrar em contato com uma agência de intercâmbios e ver outras possibilidades de planos e pagamentos.

Até breve!
Equipe Life Intercâmbios!